Março 6, 2021 0 Por admin

Liberdade, respeito e acolhida


Por Áurea Fortes

Mais que a liberdade para pensar, é interessante viver a liberdade de agir e de ser quem
realmente somos. Quando precisamos nos moldar a conceitos que não alegram a nossa alma,
nosso corpo responde da pior maneira possível – com marcas e dores, e tudo parece
entristecer ao nosso redor. Na verdade, nesses casos, a tristeza está em nós. E ela vem de
mãos dadas com a ansiedade, a angústia e tantos outros males.
Ao camuflar sentimentos, perde-se a receita do brilho da vida. Ao contrário, quando estamos
vivenciando nossos valores, interesses e conceitos, tudo caminha com mais prontidão às
conquistas e boas realizações.
Não adianta tentar driblar os pensamentos. Se sairmos do prumo, se precisarmos ocultar algo,
opções, tendências, vontades, estamos faltando com a nossa verdade. E é ela que faz vibrar
uma estrela no nosso peito.
É necessário ter coragem para assumir-se, independentemente de a questão ser religiosa,
posicionamento político, escolha profissional, opção sexual, gosto por estilo musical, seja lá o
que for. Antes da coragem, por infinitas vezes, caminhamos lado a lado com o medo. Ele
paralisa e faz com que se desista dos sonhos, com que se busque atalhos mal ajambrados.
Aceitar-se é o primeiro passo para sentir a alegria de viver. O segundo é procurar entender,
também, quem pensa diferente de nós. Respeitar e acolher são palavras relevantes para quem
chega em nossas vidas e para quem quer permanecer nelas. Certamente, a recíproca é
verdadeira. Nos empenhamos com afinco para respeitar e acolher quem pensa de forma
diversa em tempos tão adversos.
Boas vindas Girassol Diversidade! Que a proposta de fazer pensar traga vida solar ao novo
canal de comunicação e expressão. Porque quando a alma grita, o corpo vibra e o propósito de
vida aflora até mesmo na internet, não é verdade?

Áurea Fortes é jornalista, mãe de adolescente e apaixonada pelo ser humano.